Qualcomm terá que pagar US$815 mi para BlackBerry após decisão de arbitragem

(Reuters) - A fabricante de chips para dispositivos móveis Qualcomm disse nesta quarta-feira que pediu reembolso da canadense BlackBerry no valor de 814,9 milhões de dólares, relativos a direitos autorais de vendas passadas, segundo decisão de arbitragem.

Nos Estados Unidos, as ações da BlackBerry subiam 15,8 por cento nesta tarde e também avançavam com força na bolsa de Toronto. Já as ações da Qualcomm caíam cerca de 3 por cento.

A disputa começou em 2016 depois do acordo da Qualcomm para limitar certos royalties aplicados a pagamentos feitos pela BlackBerry sob os termos de um acordo de licenciamento.

A Qualcomm disse que não está de acordo com a decisão, mas o pagamento é obrigatório e a empresa não poderá recorrer.

Com a BlackBerry pretendendo investir no mercado de software para, a decisão da arbitragem vai fortalecer as finanças da empresa e aumentar a probabilidade de aquisições de ativos, disse em nota o analista da Canaccord Genuity, Michael Walkley. Ele elevou o preço-alvo das ações da BlackBerry de 8 para 9,50 dólares.

(Por Ahmed Farhatha em Bangalore, Índia)