"Quando se fala em mil dias sem corrupção, eliminou-se a corrupção? Obviamente que não", afirma Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O presidente Jair Bolsonaro em evento no Palácio do Planalto (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
O presidente Jair Bolsonaro em evento no Palácio do Planalto (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
  • Ao falar sobre os 1.000 dias de seu governo, Bolsonaro fez uma avaliação sobre os casos de corrupção

  • Ele reconheceu que não é possível dizer que a corrupção foi eliminada desde que assumiu a presidência

  • Bolsonaro participou de solenidade no Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro participou presencialmente, nesta segunda-feira (27), de cerimônia no Palácio do Planalto, a primeira desde que retornou de Nova York, nos Estados Unidos.

Ao falar sobre os 1.000 dias de seu governo, Bolsonaro fez uma avaliação sobre os casos de corrupção desde que assumiu o cargo.

"Quando se fala em mil dias sem corrupção, eliminou-se a corrupção? Obviamente que não. Pode acontecer problemas em alguns ministérios? Pode, mas não será da vontade nossa", disse.

A solenidade foi de lançamento de uma nova forma de crédito da Caixa Econômica Federal e contou com a presença de outros ministros , como Paulo Guedes da Economia, e Ciro Nogueira da Casa Civil.

Leia também:

Bolsonaro foi o último a discursar. "Nós vamos buscar maneiras de, obviamente, apurar o caso e tomar as providências cabíveis com outros Poderes sobre aquele possível ato irregular, mas diminuiu muito a corrupção no Brasil, muito", disse.

O presidente destacou ainda as eleições do ano que vem. "Estamos acompanhando já os debates antecipados para vinte e dois. Eu sou melhor? Não. Aqui mesmo tem dezenas de pessoas melhores do que eu. Se for para olhar para o Brasil, são milhares de pessoas melhores do que eu. Mas quis o destino que a presidência ficasse comigo", completou.

Ao falar para a plateia no Palácio do Planalto, Bolsonaro ressaltou ainda as viagens que irá fazer nesta semana pelo país.

Nesta terça-feira (28), Bolsonaro irá viajar para Teixeira de Freitas (BA) e para Teotônio Vilela (AL).

Na Bahia, ele irá inaugurar a Estação Cidadania, entregar títulos de propriedades rurais e trechos de duplicação das BR-101 e BR-116.

Em Alagoas, irá ocorrer a entrega de um residencial.

Já na quarta-feira (29), o presidente irá para Boa Vista (RR) para a inauguração da Usina Termelétrica Jaguatirica II, a concessão dos Aeroportos do Bloco Norte I e entrega de veículos do Programa Alimenta Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos