Quantas medalhas o atletismo estima ganhar em Paris

O diretor técnico da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Jorge Bichara, estima que a delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, ganhe de três a quatro medalhas. O Brasil acaba de encerrar a sua melhor participação em um mundial de Atletismo, com a conquista de um ouro e um bronze.

Entrevista: 'Não tem rachadura nenhuma aqui', diz presidente do COB

Alison dos Santos: Recorde mundial está próximo, afirmam especialistas

Bichara contou que hoje o Brasil tem um grupo pequeno de atletas com chances de medalhas, um razoável de atletas em desenvolvimentos e um outro grupo de atletas com potencial. Ele conta que o trabalho da CBAt é fazer com que esses grupos se movimentem e cheguem em Paris com condições de ir a pelo menos 12 finais.

— Temos que chegar com 12 a 16 chances para termos chances reais de 3 a 4 podiums — contou.

Questionado sobre quais atletas têm chances de voltar de Paris com medalhas, ele disse:

— Nesse momento quero deixar o jogo aberto até para motivar atletas em alcançarem esse potencial. Quem citaria a Letícia (vencedora da medalha de bronze no mundial) ontem de manhã? Agora ela, com a marca que fez, ela entra no grupo potencial. Temos que deixar o jogo aberto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos