Quantas pessoas foram nos atos a favor de Bolsonaro em SP e no Rio

Apoiadores de Jair Bolsonaro na avenida Paulista, em 7 de setembro, 2022 (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Apoiadores de Jair Bolsonaro na avenida Paulista, em 7 de setembro, 2022 (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)

Atos a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL) foram registrados em várias cidades brasileiras na quarta-feira (7), Dia da Independência. Na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, a manifestação reuniu 64.632 pessoas. Já em São Paulo, na avenida Paulista, 32.691 apoiadores do mandatário compareceram no comício.

A medição foi feita por pesquisadores da Universidade de São Paulo ligados ao Monitor do Debate Político no Meio Digital, coordenado pelos professores Pablo Ortellado e Márcio Moretto, informou o jornalista Leonardo Sakamoto, do portal UOL. Não foi feita contagem do ato de Brasília.

Para chegar a esse número, foram tiradas 81 fotos aéreas de alta resolução no Rio, entre 16h e 16h30. Na capital paulista, foram registradas 62 imagens entre 15h20 e 16h.

Depois, foram aplicados métodos para contagem dos presentes e, segundo os pesquisadores, a margem de erro média é de 12% paras mais ou para menos.

A (SSP-SP) Secretaria de Segurança Pública de São Paulo estima que o comício na capital paulista teve a participação de 50,4 mil pessoas.

O jornalista Leonardo Sakamoto lembrou que o protesto contra Dilma Rousseff (PT), que aconteceu em 13 de março de 2016, reuniu 500 mil pessoas na avenida Paulista, de acordo com o Datafolha.

Na época, porém, a polícia divulgou uma estimativa de 1,4 milhão.

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)