Quanto ganha alguém considerado "rico" na França?

Não pense em jet set e castelos. Quando se fala dos ricos na França, o grupo pode apresentar um padrão de vida bem mais modesto. De acordo com um relatório divulgado nesta quarta-feira (1°) pelo Observatório das Desigualdades, são considerados ricos todos aqueles que ganham acima de € 3.673 mensais (o equivalente a menos de R$ 20.000), descontados os impostos.

Para fixar esse “piso” da riqueza, o estudo multiplicou por dois a renda mediana da população e chegou aos € 3.673 mensais para uma única pessoa, descontados os impostos, ou € 7.713 para um casal com dois filhos. Partindo desse cálculo, 4,5 milhões de franceses são "ricos", detalham os autores do relatório, Anne Brunner e Louis Maurin.

“É claro que parte dos franceses nessa situação não se consideram ricos, mas é isso que eles são, se comparados com a grande maioria”, observa Brunner, em entrevista à RFI. “Isso significa que 93% dos franceses vivem abaixo desse valor”, completa.

A segunda edição anual do "relatório sobre os ricos na França" também revelou que a parcela de franceses que podem ser considerados "ricos" caiu de 8,6% da população para 7,1%, entre 2010 e 2019. Isso não significa que os mais ricos ficaram mais pobres, mas que as desigualdades caíram um pouco, aumentando o tamanho da classe média, segundo os cálculos divulgados pelo órgão independente.

A mobilidade é outro aspecto avaliado. “Segundo o Ministério dos Transportes, os 10% mais favorecidos fazem nove viagens de mais de 80 km ao ano por motivos pessoais e percorrem quase 15.000 km, contra três viagens e 3.200 km, na base da pirâmide social.


Leia mais

Leia também:
Covid-19: desigualdade entre pobres e ricos registra maior salto em 110 anos
Fortuna dos mais ricos dobrou desde o início da pandemia, diz relatório da Oxfam
Franceses saem às ruas em protesto contra desigualdade e violência de gênero

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos