Quanto o Flamengo gastou para montar seu time supercampeão

Trecho do relatório que trata sobre os investimentos (Reprodução/Flamengo)

Se tivesse de apostar, quanto você diria que o Flamengo desembolsou para formar o time campeão brasileiro, da Libertadores, da Supercopa do Brasil e da Recopa Sul-Americana? Somente com os 11 titulares, foram R$ 364,2 milhões, segundo o último relatório de gastos divulgado pelo Rubro-Negro, a que o Blog teve acesso.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O valor é altíssimo para a realidade brasileira, mas bem pequeno no exterior. Virgil Van Dijk, holandês comprado pelo Liverpool em dezembro de 2017, custou 75 milhões de libras ou R$ 453 milhões, de acordo com a cotação do real hoje em dia.

Leia também

Também de acordo com o relatório de gastos, o Flamengo desembolsou R$ 64,8 milhões em 2017, R$ 119,8 milhões em 2018 e R$ 209 milhões na temporada passada. Nos três primeiros meses do ano, foram mais R$ 178,9 milhões com Gabigol, Pedro Rocha, Thiago Maia, Pedro, Léo Pereira, Michael e Thiago. Importante: Gustavo Henrique e Gabigol não constam no relatório, então o Blog fez os cálculos da compra do centroavante baseando-se em informações divulgadas em janeiro.

QUANTO CUSTARAM OS TITULARES:
- Diego Alves: R$ 1,7 milhão
- Rafinha: R$ 4 milhões (luvas)
- Rodrigo Caio: R$ 26,1 milhões
- Léo Pereira: R$ 29,9 milhões
- Filipe Luís: R$ 12,4 milhões (luvas)
- Willian Arão: R$ 600 mil (luvas)
- Gerson: R$ 50,4 milhões
- Everton Ribeiro: R$ 31,7 milhões
- Arrascaeta: R$ 87,4 milhões
- Bruno Henrique: R$ 23 milhões
- Gabigol: R$ 97 milhões (foram R$ 3 milhões em 2019)
TOTAL: R$ 364,2 milhões

OS VALORES DOS RESERVAS:
- Vitinho: R$ 53,9 milhões
- Piris da Mota: R$ 25,9 milhões
- Pedro Rocha: R$ 5,3 milhões
- Thiago Maia: -
- Pedro: R$ 9,2 milhões
- Michael: R$ 34,5 milhões
- Thiago: R$ 6 milhões