Quanto os clubes receberão pelo Brasileirão?

Com o Brasileirão chegando ao fim, veja qual será a premiação dada aos clubes.
Com o Brasileirão chegando ao fim, veja qual será a premiação dada aos clubes. Foto: (Ricardo Moreira/Getty Images)

Com o fim da Série A do Campeonato Brasileiro de 2022 chegando, tendo até o Palmeiras como grande campeão da elite do torneio nacional com três rodadas de antecedência, muitos clubes ainda brigam por vagas diretas à Copa Libertadores da América e, também, contra o rebaixamento à Série B do Brasileirão no próximo ano.

Outro ponto importante de disputa para os 20 times que participam desta edição do Campeonato Brasileiro é a premiação em dinheiro dada pela CBF de acordo com a posição dos clubes na tabela de classificação ao final da 38ª rodada. A verba, apesar de ser oriunda do pagamento dos direitos de transmissão do campeonato com a Globo, é distribuída de acordo com a decisão da CBF.

Leia também:

Por ser o grande campeão, o Palmeiras já garantiu o montante de R$ 45 milhões, R$ 5 milhões a mais que o Atlético Mineiro, campeão brasileiro do ano passado, recebeu. A mudança é explicada por causa da inflação. Já o Cuiabá, atualmente ocupando a 16ª posição na tabela, seria o último clube a receber, uma vez que os quatro rebaixados à segunda divisão não têm direito a receber a verba.

Lutando pela segunda colocação na tabela do Brasileirão, Inter, Flamengo, Fluminense e Corinthians focam seus esforços na bolada que não muda muito do segundo ao quinto colocado, sendo R$ 6,7 milhões diferente, mas que faz diferença na hora da janela de transferências.

Veja quanto cada clube ganha:

  1. Palmeiras - R$ 45 milhões

  2. Inter - R$ 42,7 milhões

  3. Flamengo - R$ 40,5 milhões

  4. Fluminense - R$ 38,2 milhões

  5. Corinthians - R$ 36 milhões

  6. Athletico-PR - R$ 33,7 milhões

  7. Atlético-MG - R$ 31,5 milhões

  8. São Paulo - R$ 29,9 milhões

  9. América-MG - R$ 27 milhões

  10. Fortaleza - R$ 24,7 milhões

  11. Botafogo - R$ 19,3 milhões

  12. Santos - R$ 18 milhões

  13. Red Bull Bragantino - R$ 16,6 milhões

  14. Goiás - R$ 16,2 milhões

  15. Coritiba - R$ 15,7 milhões

  16. Cuiabá - R$ 15,2 milhões