Quarentena e limpeza doméstica: consultora dá seis dicas para otimizar a faxina

Carolina Nalin*

O período de quarentena impôs alguns novos desafios, afinal, conciliar o homeoffice com a atenção aos filhos e as atividades domésticas não é nada fácil. A limpeza da casa, inclusive, pode se tornar ainda mais complicada para os que não possuem muita intimidade com a vassoura. Se antes da quarentena, muitos contavam com o trabalho e a experiência das diaristas em casa, é a partir desse momento que certas dúvidas começam a surgir.

Foi a partir desse cenário que Suellen Alves decidiu colocar em prática seu projeto de mentoria online. Há mais de um ano, a diarista utiliza seu perfil no Instagram, 'Diário da diarista', para dar dicas de limpeza e organização da casa.

Com orientações valiosas, Suellen percebeu uma oportunidade de mercado: muitos seguidores começaram a sugerir que ela oferecesse um curso. A rotina agitada, porém, deixava o projeto sempre em segundo plano. Foi com o período de reclusão que a diarista conseguiu por seu sonho em prática. "Fui dispensada quando começou a quarentena e não tinha mais a minha renda, mas vi que esse era o momento de tirar meus planos do papel", conta.

Depois de elencar as principais dificuldades das pessoas durante a faxina e estruturar seu curso à distância, Suellen já orientou cerca de 200 pessoas em dois meses de projeto. "Limpar banheiro e cozinha são os maiores pesadelos da maioria, mas a falta de foco, definição de prioridades e estabelecimento de uma rotina são as maiores dificuldades estruturais", explica.

Ao EXTRA, a consultora de limpeza separou seis dicas para auxiliar na tarefa doméstica. Confira:

1- Desprenda-se da ideia de organização e limpeza permanente

Para a diarista, a otimização do tempo é fundamental. "Não existe limpeza e organização permanente. Uma casa com vida, com pessoas, sempre terá o que arrumar ou o que limpar, mas isso não significa que você precisa estar sempre limpando e arrumando. Muito tempo de dedicação a limpeza e arrumação não é sinônimo de sucesso", explica ela.

2- Desapegue do que não serve mais

Para a diarista, rever os itens que se tem em casa ajuda a entender o que é útil e o que não serve mais. Assim, deixamos de ter que organizar peças sem utilidade. "As vezes as coisas ficam espalhadas pela casa pelo simples fato de não haver lugar para guardar, pois os ambientes já estão ocupados com coisas em nenhuma utilidade. É preciso aprender a desapegar", afirma.

3- Defina prioridades e estabeleça uma rotina

"Essa dica facilita muito na hora de arrumar a casa porque você aprende a diferenciar o que você precisa fazer do que você quer e do que consegue fazer. Aceitar isso sem pirar já é meio caminho andado", explica. "Por exemplo: Eu quero trocar as cortinas, mas eu preciso lavar o banheiro, só que nesse momento eu só consigo lavar a louça".

4- Crie um cronograma; limpar a casa toda em um único dia pode ser improdutivo

"Definir um cronograma ajuda não ficar ficar perdida em meio a tantas tarefas. Faça uma lista com as atividades e distribua durante a semana conforme a sua disponibilidade. Há vários cronogramas disponíveis na internet", conta.

"Quando você decide limpar uma casa inteira de uma vez você demanda muito tempo e na metade do caminho já estará exausta, não conseguirá terminar. Isso pode causar frustração, ainda mais se você precisar parar toda hora por algum motivo, como filhos, marido e home office. O ideal é que você dedique duas horas mais ou menos por dia a essa tarefa", explica.

5- Tenha ferramentas que otimizem seu tempo

Para Suelen, alguns utensílios práticos de limpeza dão uma mãozinha para lá de útil na faxina. "Acessórios como o aspirador de pó e o MOP otimizam o tempo consideravelmente", revela.

6- Solicite ajuda a todos os membros da sua casa

"Com um cronograma em mãos é muito mais fácil delegar tarefas. Faça com que todos participem mesmo que no começo seja dificil, afinal, arrumar casa não é uma tarefa divertida, mas pode se tornar mais leve e menos desgastante se todos colaborarem", explica.