Quase dois milhões de ingressos já foram vendidos para Copa do Mundo do Catar, diz FIFA

A FIFA anunciou nesta quarta-feira a abertura de uma nova etapa de vendas de ingressos para a Copa do Mundo do Catar no próximo dia 5 de julho, a partir das 6h. Até o momento, já forma negociados mais de 1,8 milhão de entradas. Na próxima janela para a compra, os torcedores terão de acessar o site da FIFA para efetuar as reservas, com o término do prazo previsto para o dia 16 de agosto, no mesmo horário. Desta vez, valerá a ordem “de chegada” ao site para a realização dos pagamentos.

'Espero que se concretize': Thiago Silva quer Neymar com ele no Chelsea

Checamos: o torcedor que abrir uma bandeira LGBTQIAP+ na Copa do Mundo do Catar será preso por até 11 anos?

“Em caso de forte demanda, um sistema de lista de espera será implementado”, disse a instituição em comunicado.

Os ingressos oferecidos terão quatro categorias de preços, sendo a quarta dedicada aos “residentes no Catar”, e cada comprador poderá adquirir, no máximo, seis ingressos por partida e 60 para toda a competição. Os valores variam entre R$ 362 e R$ 1160, para a categoria 3, em jogos da fase de grupos, e podem chegar a R$ 8.470, para a categoria 1, na grande final da competição.

Jorge Campos: Ex-goleiro mexicano viraliza na web após divulgação de fotos do filme Barbie

A FIFA especifica que mais de 1,8 milhão de ingressos já foram vendidos. Há uma semana, o secretário-geral do comitê organizador da Copa, Hassan Al-Thawadi, já havia confirmado que 1,2 milhão de ingressos já haviam sido negociados e uma demanda “recorde” de 40 milhões.

No total, são três milhões de ingressos disponíveis para o evento, sendo 2 milhões à venda e um milhão reservado para a FIFA e seus patrocinadores. A Copa do Mundo do Catar começa no dia 21 de novembro, com a grande final sendo realizada no dia 18 de dezembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos