Quase metade dos brasileiros acredita que o país deveria adotar o Bitcoin como moeda

·1 minuto de leitura
Woman using a smart phone displaying a bitcoin wallet screen.
Pesquisa contou com mais de 2 mil entrevistados de diferentes países (Getty Image)
  • Levantamento mostra crescimento da popularidade da criptomoeda

  • Entrevistados dizem que a modalidade pode aproximar economias

  • El Salvador foi pioneiro na adoção da moeda

Será que as criptomoedas são o futuro das transações financeiras no Brasil? Para 48% da população pode ser que sim. Um estudo encomendado pela Sherlock Communications apontou que quase metade dos entrevistados acreditam que o Bitcoin deveria ser considerado uma moeda oficial moeda, sendo que 31% que concordam e 17% que concordam fortemente com o tema. 

Leia também:

Para realizar a pesquisa, foram ouvidas mais de 2 mil pessoas de países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Venezuela e México.

“Os brasileiros foram os maiores defensores do cripto-reconhecimento na região, com 56% apoiando a abordagem de El Salvador e 48% dizendo que querem que o Brasil também a adote”, aponta o levantamento.

Um terço dos brasileiros acreditam que o uso da modalidade pode aproximar as economias mundiais, enquanto 31% dos entrevistados acreditam que a modea pode facilitar o intercâmbio internacional de valores.

Bitcoin como moeda oficial já é realidade

Após El Salvador se tornando o primeiro país do mundo a adotar o Bitcoin como moeda oficial, as discussões sobre o assunto cresceram ainda mais no mercado financeiro. O maior banco do país da América Central agora aceita a criptomoeda. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos