Quase um em cada cinco brasileiros aprova atos violentos em Brasília, diz pesquisa

Quase um em cada cinco brasileiros aprova os atos violentos de apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro que abalaram Brasília no domingo, de acordo com uma pesquisa publicada nesta quarta-feira (11).

Entre os entrevistados, 18,4% afirmaram concordar com a "ação de manifestantes bolsonaristas que ocuparam o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o STF", informou a Atlas Intelligence. A maioria (75,8%) discordou e 5,8% não soube dizer.

Para 53%, a invasão e depredação das sedes dos Três Poderes do Brasil é "completamente injustificada". Mas 27,5% consideraram "justificada em parte" e 10,5% afirmaram que é "completamente justificada".

Pouco mais da metade (50,2%) das pessoas consultadas acredita que o ex-presidente Bolsonaro é responsável pelas ações violentas.

A pesquisa foi realizada entre segunda e terça-feira com 2.200 pessoas. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

No domingo, milhares de apoiadores de Bolsonaro que não aceitam a volta à Presidência de Luiz Inácio Lula da Silva protagonizaram cenas caóticas em Brasília ao invadirem prédios do poder público e destruir obras de arte de valor inestimável, móveis, vidraças, paredes e portas.

A polícia do Distrito Federal foi considerada omissa e até cúmplice por alguns analistas. Lula também criticou a atuação das autoridades da capital.

lg/pt/pr/raa/ic/mvv