Empresa oferece viagem ao espaço em 'balão'

Espaçonave Netuno irá oferecer a possibilidade de viajar para os limites da Terra (Divulgação/ Space Perspective)
Espaçonave Netuno irá oferecer a possibilidade de viajar para os limites da Terra (Divulgação/ Space Perspective)
  • Espaçonave Netuno permitirá viajar a uma altitude de 30 quilômetros;

  • Ingressos saem a módicos R$ 650 mil por pessoa;

  • Passeio terá uma duração de seis horas.

A empresa americana Space Perspective divulgou imagens da espaçonave em formato de balão, com a qual pretende levar passageiros para viagens no espaço-sideral. A cápsula, chamada de Espaçonave Netuno, contará com uma visão panorâmica de 360 graus, e permitirá o transporte de até oito passageiros em um passeio que durará aproximadamente seis horas, contabilizando o tempo de ida e volta.

A ideia da empresa é começar a operar o trajeto a partir do final de 2024. Por enquanto só existem imagens criadas artificialmente da nave, mas a empresa afirmou em um tuíte que o balão já está em produção, no campus da empresa localizado na Costa da Flórida.

O passeio ainda contará com um bar de bebidas, conectividade wi-fi, sofás e poltronas reclináveis. A decoração é de um tom roxo e com uma iluminação suave, ao contrário da maior parte dos voos espaciais concorrentes, que contam com uma decoração branca acética.

Diferentemente também das demais naves que realizam passeios espaciais, o balão da Space Perspective deve atingir uma altitude de 30 quilômetros de altitude, bem abaixo daquele atingida nos passeios da Blue Origin, empresa de voos espaciais de Jeff Bezos, que rompeu a linha Karman, reconhecida fronteira entre a atmosfera terrestre e o espaço-sideral, localizada a 100 quilômetros acima do mar.

No entanto, esses 30 quilômetros ainda são muito acima do que o normalmente experimentado por viajantes de avião, por exemplo, que sobem até 12 quilômetros de altitude.

"Estamos acima de 99 por cento da atmosfera da Terra", disse a cofundadora Jayne Poynter, o que significa que os passageiros realmente verão o preto do espaço.

O preço da viagem, composta de duas horas de ascensão, duas horas no espaço e duas horas de descida, e ainda contam com um mergulho no oceano, é de US$ 125 mil por pessoa (R$ 650 na conversão atual). É um preço módico quando comparado a companhias rivais como a Virgin Galactic e a Blue Origin. A primeira cobra o triplo por pessoa, US$ 450 mil, enquanto a Blue Origin não divulga seus preços.

"Queríamos encontrar uma maneira que realmente mudasse a maneira como as pessoas pensam sobre o voo espacial, tornando-o muito mais acessível e acessível", disse Poynter. Até agora, segundo a empresa, já foram vendidos mais de 600 ingressos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos