Queda de ônibus em precipício deixa ao menos nove mortos na Costa Rica

A queda de um ônibus e outros dois veículos em um precipício, arrastados por um deslizamento provocado pelas chuvas, deixou ao menos nove mortos no oeste da Costa Rica, informaram neste domingo (18) socorristas e serviços hospitalares.

O coordenador da Cruz Vermelha Costa-riquenha, Andrés Álvarez, informou no Twitter que três mulheres e seis homens morreram no acidente, ocorrido no fim da tarde de sábado em uma passagem montanhosa chamada El Hundimiento, em Cambronero, província de Alajuela, 80 km a oeste da capital.

A Caixa Costa-riquenha de Seguro Social informou que cerca de meia centena de pessoas feridas foram atendidas em vários centros de assistência perto do local da tragédia, onde socorristas, bombeiros e outros serviços de ajuda iniciaram os trabalhos de resgate na noite de sábado.

No ônibus, que caiu no barranco de 75 metros de profundidade, viajavam 47 pessoas, informou ao jornal La Nación o gerente da empresa proprietária, Germán Alfaro. O coletivo havia saído de San José, capital do país, com destino à província de Guanacaste (noroeste).

Imagens divulgadas pelos socorristas mostram o ônibus no fundo do precipício desta região montanhosa, afetada por uma temporada de chuvas que castiga a Costa Rica e o resto da América Central.

O presidente costa-riquenho, Rodrigo Chaves, anunciou em coletiva de imprensa luto nacional de três dias por causa da tragédia. Ele informou que adiou sua viagem a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU devido às emergências provocadas pelos temporais no país.

str/hma/dg/gm/mvv