Queda de cabelo: médico explica 5 mitos e verdades

O uso excessivo de qualquer tipo de química causa danos aos fios e pode causar a queda ou, até mesmo, calvície

A queda de cabelo é uma alteração que pode incomodar muito as mulheres. Situações estressantes, dieta desequilibrada... Muitas podem ser as variáveis que resultem na queda, em grande ou pequena quantidade dos fios. Fato é que, de acordo com o último levantamento da SBC (Sociedade Brasileira do Cabelo), cerca de 42 milhões de brasileiros são reféns da calvície.

Dentro da mesma pesquisa, outro dado chama a atenção: a quantidade de jovens entre 20 e 25 anos que também sofrem com a queda capilar. Por isso, é necessário entender o que pode ter relação com o fenômeno.

Separamos, a seguir, cinco mitos e verdades sobre a queda de cabelo, explicados pelo especialista em transpantes capilares, doutor Thiago Bianco. Confira:

Shampoo Bomba funciona para o crescimento natural dos fios?

Mito. Não existe comprovação científica de que o uso de medicamentos e vitaminas dentro do xampu possa fazer o crescimento do fio ser acelerado. O que geralmente ocorre é o efeito placebo, onde a pessoa acredita que o remédio funciona e sente os seus efeitos de fato.

Abusar da química no cabelo, como tinturas e alisamentos, ajuda na calvície precoce? 

Verdade. O uso excessivo de qualquer tipo de química causa danos aos fios, como a destruição do fio, quebra e enfraquecimento e, todos estes problemas juntos podem causar a queda excessiva que, se não cuidada, pode causar a calvície.

Ter uma dieta rica em proteínas desde cedo, irá retardar a queda de cabelo? 

Mito. Por mais que o cabelo seja proteico, o fato de ingerir o nutriente não influenciará no transtorno, apenas irá deixar um aspecto mais saudável aos fios.

Traumas podem influenciar na calvície?

Verdade. Situações de estresse podem desencadear queda de cabelo. O mal pode provocar um início de alopecia androgênica, calvície causada por fatores genéticos.

Dormir com cabelo molhado não faz mal?

Mito. Não é recomendado dormir com o cabelo molhado, já que internamente o fio demora entre 6 às 8h para secar e, com isso, a umidade em contato com o travesseiro pode facilitar a proliferação de fungos e outras doenças.