Queda de cabo de energia interrompe circulação de trens da CPTM em SP

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O paulistano encontrou um contratempo no retorno para casa nesta quarta-feira (1º). Isso porque a circulação de algumas linhas da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) acabaram sendo interrompidas por causa da queda de uma cabo de energia.

Sem poder utilizar os trens, algumas pessoas desceram nas linhas e resolveram fazer o trajeto a pé.

Em nota, a CPTM confirmou os problemas. Segundo a empresa, desde às 18h da tarde desta quarta, em virtude de uma queda de um cabo de energia, a circulação de trens entre as estações Brás e Luz, das linhas 7-rubi e 10-turquesa está interrompida, além do Expresso Aeroporto.

Os trens da linha 11-coral seguem até a estação Tatuapé, onde será feita a transferência para linha 3-vermelha do metrô. A circulação na linha 7-rubi está normal entre Barra Funda e Jundiaí e os trens da linha 10-turquesa seguem de Rio Grande da Serra até Tamanduateí, onde há transferência para a linha 2-verde do Metrô.

Na última atualização da companhia às 20h27, foi informado que a linha 13-Jade opera parcialmente, com suspensão do Expresso Aeroporto. Já a linha 7-rubi opera normal entre Barra Funda e Jundiaí. A linha 11- Coral funciona entre as estações Estudantes e Tatuapé, onde pode ser feita transferência para linha 3-vermelha do metrô.

Já a linha 10-turquesa está com circulação no trecho entre as estações Mauá e Tamanduateí, onde há transferência com a Linha 2-verde do metrô. Nesta linha, o sistema de ônibus Paese foi acionado para atender o trecho entre as estações Mauá e Rio Grande da Serra.

Ainda de acordo com a nota, os técnicos trabalham para normalizar a circulação o mais rápido possível.

Também em nota, o metrô informa que que nenhuma de suas linhas foi atingida pelo problema.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos