Queda de Pedro Guimarães será para não manchar imagem de Bolsonaro, diz Flávio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Presidente da Caixa, Pedro Guimarães (Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

O senador Flávio Bolsonaro (PL) afirmou nesta quarta-feira (29) que o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual, deixará o comando do banco para não manchar a campanha eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o filho do chefe do Executivo disse que a conduta de Guimarães é “inaceitável”.

“A decisão do presidente foi correta de imediatamente chamar o Pedro pra conversar e o Pedro compreendeu que poderia ser usado pra explorar o presidente, já que é um problema inaceitável, mas é coisa de cunho pessoal do Pedro. Não tem nada a ver com o governo, não tem nada a ver com a Presidência.”

Ainda na entrevista, Flávio falou que Pedro Guimarães, que é aliado de Bolsonaro, deve deixar a presidência da Caixa por decisão do mandatário "para preservar o próprio Pedro e o governo mostrar que não compactua com isso".

O filho do presidente também afirmou que Daniella Marques, secretária do ministro da Economia, Paulo Guedes, é a escolhida para ser a próxima presidente do banco estatal.

O presidente da Caixa é acusado por funcionárias de práticas assédio sexual, envolvendo toque não permitidos e convites inapropriados. Ele participou de um evento da estatal na manhã desta quarta-feira (29), mas não mencionou o assunto. Uma investigação sobre o caso está sendo conduzida pelo Ministério Público Federal.

Pedro Guimarães abriu a apresentação agradecendo a esposa, Marcela Guimarães. “São quase 20 anos juntos, dois filhos, e uma vida inteira pautada pela ética. Tanto é verdade que, quando eu assumi o banco, o banco tinha os piores ratings das estatais”, disse ele.

“Hoje somos um exemplo, eu tenho muito orgulho do trabalho de todos vocês e da maneira em que eu sempre me pautei em toda a minha vida”, declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos