Queda de helicóptero deixa 7 mortos na Itália

A queda de um helicóptero deixou sete mortos na Itália. Os corpos das vítimas foram encontrados neste sábado em uma região montanhosa na fronteira entre a Toscana e Emilia Romagna, dois dias após a aeronave sumir do radar. O voo saiu de Lucca, na Toscana, em direção à província de Treviso, na manhã de quinta-feira.

Guerra na Ucrânia: Rússia emite primeiros passaportes para ucranianos que vivem em territórios ocupados

Veja vídeo: Ursa que sobreviveu a queda de penhasco ficou dois dias desaparecida e mobilizou equipe de buscas na Espanha

Conforme a agência Ansa, os corpos estavam carbonizados. Cinco vítimas ainda estavam dentro da aeronave e duas do lado de fora. O local do acidente é de difícil acesso e a localização das vítimas apenas foi possível após agentes que participavam das buscas avistarem uma grande quantidade de árvores queimadas e peças metálicas no leito de um rio.

Exame de DNA: Filha de casal assassinado nos EUA é encontrada a salvo após quatro décadas desaparecida

O helicóptero Augusta AW119 Koala partiu do aeroporto de Capannori, em Lucca, às 9h30 da quinta-feira com o piloto e seis passageiros — quatro turcos e dois libaneses. A previsão era de que chegariam em Resana, na província de Treviso, em um hora, onde o grupo visitaria uma indústria de papel. A identidade das vítimas foi confirmada na sexta-feira:

Corrado Levorin, 33 anos, piloto italiano

Kenar Serhat

Cez Arif

Ilker Ucak

Erbilaltug Bulent

Chadi Kreidy

Tarek El Tayak

A empresa Roto Cart alugou a aeronave por três dias para levar possíveis compradores de uma feira de papel para a sede. Segundo a direção, dois voos por dia na mesma rota eram realizados desde a terça-feira.

Chelonoidis: Espécie de tartaruga que se acreditava extinta há 100 anos é encontrada nas ilhas Galápagos

Autoridades suspeitam que o mau tempo pode ter sido a causa do acidente. Conforme o jornal Gazzetta di Modena, um dos passageiros libaneses enviou para o filho um vídeo mostrando o tempo bastante fechado na hora do voo. Moradores da região também confirmaram que houve uma forte tempestade no momento do queda, com rajadas de vento intensas e muitos raios. A Procuradoria local e a Agência Nacional para Segurança de Voos investigam o caso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos