Queda do preço da gasolina foi "um pouco maior" que o tecnicamente recomendado, diz associação de importadores

A redução de R$ 0,15 no preço do litro da gasolina, anunciada nesta quinta-feira pela Petrobras, foi maior que o "tecnicamente recomendado", avalia Sergio Araujo, presidente-executivo da Abicom, associação que reúne os importadores de combustíveis.

Problema ou solução? Por que Bolsonaro, que já chamou lucro da Petrobras de ‘estupro’, quer agora mais dividendos dela e de outras estatais

Balanço: Petrobras deve apresentar hoje novo lucro bilionário, sob pressão do governo para antecipar dividendos

- Considerando os dados da abertura do mercado de hoje, o corte foi um pouco maior do que o tecnicamente recomendado. No entanto, esse preço vale a partir de amanhã - diz Araujo.

Mas, mesmo com a queda do dólar no exterior hoje e os movimentos de recuo da gasolina no exterior, o executivo acredita que "ocorra uma inversão" e o preço da Petrobras fique um pouco abaixo da paridade internacional a partir de amanhã com a queda anunciada hoje, que vem dez dias após a redução no preço da gasolina nas refinarias de R$ 0,20, quando passou de R$ 4,06 para R$ 3,86

Dados da Abicom indicam que o preço da gasolina vendida pela Petrobras hoje pela manhã era R$ 0,07 maior que no exterior. A redução ocorre um dia após a estatal anunciar que o Conselho de Administração vai "supervisionar" as decisões sobre reajustes de gasolina, diesel e outros combustíveis.

Em relação ao diesel, cujo último aumento foi feito no dia 18 de junho, Araujo destacou que o segmento enfrenta forte volatilidade no exterior por conta da guerra na Ucrânia.

Gasolina mais barata: Ferramenta do GLOBO mostra o menor preço na sua cidade

- Considerando a expectativa de aumento de demanda, estoque baixo e dificuldade de oferta, existe possibilidade de elevação de preço do mercado internacional. Eu acho que a Petrobras ao não reajustar o diesel está considerando essa volatilidade e tendência de preço no mercado internacional.

Segundo uma outra fonte do setor, como há risco de faltar diesel no Brasil, o que levou a Agência Nacional do Petróleo (ANP), a criar um plano de contingência, a avaliação é que uma redução no preço poderia agravar o risco de falta de produto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos