Queiroga diz que Ômicron é variante prevalente no Brasil

·1 min de leitura
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante entrevista coletiva em Brasília

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta terça-feira que a variante Ômicron do coronavírus já é prevalente no Brasil e repetiu que, embora ela esteja gerando um aumento de casos de Covid-19, não espera que leve a um aumento nas internações provocadas pela doença.

"A variante Ômicron chegou, tentou-se impedir que a variante entrasse pelo aeroporto, mas a variante entra, independente de qualquer tipo de medida sanitária que se queira adotar. Infelizmente ela já é prevalente aqui no Brasil, nós estamos assistindo um aumento de casos e, como em outros países que têm uma campanha de vacinação forte como a nossa, a nossa expectativa é que não haja um impacto em hospitalizações e em óbitos", disse o ministro a jornalistas ao chegar ao ministério nesta manhã.

Queiroga também disse que Estados e municípios podem se juntar ao ministério na compra de testes de detecção de Covid-19 e afirmou que a compra destes exames não é responsabilidade exclusiva do governo federal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos