Queiroga indica vermífugo de ‘kit Covid’ a defensores da liberação das drogas

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chamou nesta quarta-feira pessoas que defendem a liberação das drogas no país de "vermes" e sugeriu que o uso do vermífugo Annita (nome comercial para Nitazoxanida) porque "talvez mate esta gente". O medicamento indicado é o mesmo que fazia parte do chamado ‘kit Covid’, composto por produtos comprovadamente ineficazes para tratar a doença.

Cobertura vacinal cai: Queiroga atribui queda nas taxas de vacinação no Brasil a ‘fenômeno mundial’

Varíola dos macacos: Anvisa criará comitê emergencial para acelerar aval a vacinas e medicamentos

Aids: Controle da doença enfraquece e coloca em risco meta de erradicação até 2030

O cardiologista relacionou os narcóticos à hepatite C, que pode ser transmitida por meio do compartilhamento de objetos para o uso desse tipo de substância, como seringas. O movimento de Queiroga vem duas semanas após a cantora Anitta pedir que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) descriminalize a maconha caso seja eleito novamente.

— O Arnaldo (Correia de Medeiros, secretário de Vigilância em Saúde do ministério) falou que o uso de drogas é uma das causas mais prevalentes da hepatite C. Nós somos contra o uso de drogas embora haja pessoas que estão defendendo isso: liberação das drogas. Para esses vermes, Nitazoxanida. Talvez mate essa gente — disse o ministro.

As falas foram proferidas em lançamento de campanha nacional de conscientização sobre as hepatites virais, na sede da pasta. No evento, o ministro rebateu críticas sobre o trabalho do ministério no enfrentamento à Covid-19 e à varíola dos macacos, também chamada de monkeypox.

A Nitazoxanida chegou a ser anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro como um remédio que poderia “salvar vidas” em relação à Covid-19, mas estudos mostraram que o remédio foi mais tóxico que a cloroquina. Depois, o ministério desistiu de incluir o fármaco nos protocolos de tratamento contra a doença.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos