Queiroga, parte da comitiva brasileira na ONU, é diagnosticado com covid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
(Arquivo) O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga (AFP/EVARISTO SA)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, "deu positivo para covid-19" após participar nesta terça-feira (21) da Assembleia Geral da ONU em Nova York, que foi aberta pelo presidente Jair Bolsonaro, informou o governo em nota.

"Os demais integrantes da comitiva realizaram o exame e testaram negativo para a doença", detalhou o comunicado da Secretária Especial de Comunicação Social (Secom).

O presidente Bolsonaro, que voltou a aparecer em público sem máscara em diversas ocasiões durante a viagem, não está vacinado contra a covid-19 e afirma que será "o último" brasileiro a se imunizar.

Queiroga é o segundo integrante da comitiva brasileira em Nova York a ser diagnosticado com covid-19. O ministro da Saúde esteve ao lado de Bolsonaro em vários eventos, incluindo na reunião de segunda-feira com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

Embora a comitiva já iniciou o retorno ao Brasil, Queiroga "permanecerá nos Estados Unidos durante o período de isolamento", acrescenta a nota. O ministro, de 55 anos e que foi vacinado contra a covid-19, "passa bem".

Pela noite, Queiroga escreveu no Twitter que, enquanto estiver seguindo "todos os protocolos de segurança sanitária", o ministério "seguirá firme nas ações de enfrentamento à pandemia no Brasil".

Sem passaporte sanitário que o habilite a entrar em restaurantes e outros espaços públicos em Nova York, Bolsonaro foi fotografado no domingo junto a membros de sua comitiva comendo pizza do lado de fora de uma estabelecimento. Na imagem, Queiroga é o único que aparece de máscara, embora abaixo do queixo.

Questionado pela polêmica gestão da pandemia, responsável por mais de 591.000 mortes no Brasil, Bolsonaro abriu a Assembleia Geral da ONU com um discurso em que lançou diversas afirmações enganosas ou imprecisas, algumas relacionadas à pandemia, segundo a equipe de Factcheck da AFP.

mls/raa/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos