Queiroga pede a empresários que repensem publicidade em parte da imprensa

·1 minuto de leitura
Queiroga participa de entrevista em Brasília

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta segunda-feira em evento da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) que parte da imprensa não contribui com o Brasil durante a pandemia de Covid-19 e disse que os empresários deveriam repensar a publicidade nesses veículos.

O ministro reclamou de uma foto tirada enquanto ele ajeitava a máscara quando foi receber vacinas contra Covid-19 vindas do mecanismo Covax Facility no fim de semana e disse que, em breve, aqueles que não contribuem com o país, na visão dele, serão desmascarados.

"Vai chegar o momento em que nós vamos desmascarar essas pessoas que não contribuem com o Brasil. Até parte importante da imprensa, eu não sei por que motivação querem fazer isso para fomentar a discórdia", disse o ministro, antes de se dirigir diretamente à plateia de empresários presentes.

"Era bom até que os senhores que são da iniciativa privada e fazem publicidade nesse tipo de veículo de comunicação repensassem essas estratégias", aconselhou.

(Reportagem de Eduardo Simões)