Queiroga promete chegada de 3 milhões de doses da vacina da Janssen ainda em junho

·1 minuto de leitura
Medical syringes in the mini shopping trolley are seen in front of the Johnson and Johnson logo displayed on a screen.
On Friday, 28 May 2021, in Dublin, Ireland. (Photo by Artur Widak/NurPhoto via Getty Images)
Vacina da Janssen é aplicada em dose única (Foto: Artur Widak/NurPhoto via Getty Images)
  • Queiroga prometeu a chegada de 3 milhões de doses da vacina da Janssen ao Brasil em junho

  • Brasil tem acordo de compra de 38 milhões de doses da vacina

  • Imunizanda da Janssen é aplicado em dose única

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o governo conseguiu antecipar a entrega de 3 milhões de doses da vacina da Janssen contra a covid-19 para o mês de junho. O imunizante da Johnson&Johnson é aplicado em dose única.

O Brasil comprou 38 milhões de doses da vacina e a previsão era de que a entrega começasse a ser feita nos próximos meses. Segundo o ministro, o imunizante estará no país ainda neste mês.

Leia também

“A vacina da Janssen, nós já tinhamos acertado com a Janssen 38 milhões de doses da vacina, nós conseguimos antecipar 3 milhões. Chega agora no mês de junho”, declarou Marcelo Queiroga.

“Estamos organizando com o Conass e Conasens a estratégia de distribuição dessa vacina. A principal característica dessa vacina é que ela é dose única, então, sendo dose única, são 3 milhões de brasileiros a mais imunizados de forma completa contra a covid-19”, explicou.

A vacina da Janssen já foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e seria a quarta a ser usada no Brasil. Até o momento, estão sendo aplicadas a CoronaVac, a AstraZeneca e a Pfizer, todas precisam de duas doses para dar a imunização completa.

Mais duas vacinas em avaliação 

Na tarde desta sexta-feira (4), às 14h, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vai analisar dois pedidos de liberação de vacinas contra a covid-19:

  • Sputnik, da Rússia

  • Covaxin, da Índia

Os dois imunizantes já passaram pela Anvisa antes e tiveram a liberação negada – ambos de forma unânime pelo colegiado da agência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos