Queiroga vai contra Bolsonaro sobre desobrigação de máscara: "Precisamos vacinar"

·1 minuto de leitura
Brazilian President Jair Bolsonaro (L) embraces his Health Minister Marcelo Queiroga during the announcement that the public healthcare system will cover expanded heel prick tests at Planalto Palace, in Brasilia, on May 26, 2021. (Photo by EVARISTO SA / AFP) (Photo by EVARISTO SA/AFP via Getty Images)
Bolsonaro e Queiroga em cerimônia em maio de 2021 (EVARISTO SA/AFP via Getty Images)

Após anúncio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que o governo deve emitir um parecer cancelando a obrigatoriedade do uso de máscaras para aqueles que já tenham contraído a Covid-19 ou que tenham sido vacinados, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga negou a informação e afirmou que é necessário vacinar a população para que isso aconteça.

"Queremos que seja o mais rápido possível, mas para isso precisamos vacinar a população brasileira e avançar", disse o ministro, que ainda relatou que existe um estudo sobre o tema, mas não deu muitos detalhes sobre o assunto.

Leia também:

Mais cedo, durante uma cerimônia, Bolsonaro disse que tinha conversado com Queiroga e que desobrigaria o uso da máscara não só para vacinados, mas também para aqueles que já foram contaminados e se recuperaram.

“Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é. Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que estejam vacinados ou que já foram contaminados", disse Bolsonaro, sendo aplaudido em seguida. 

"Para tirar esse símbolo (diz, levantando a máscara), que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado", completa o presidente, que já questionou anteriormente a eficácia das máscaras.

A medida anunciada por Bolsonaro contraria as orientações científicas e ignora o risco de reinfecção, além da existência de outras variáveis da Covid-19. Especialistas também alertam que o uso da máscara permanece necessário mesmo após a pessoa ser vacinada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos