Quem é Andrew Redmayne, goleiro 'dançarino' que defendeu dois pênaltis e garantiu a Austrália na Copa do Catar

A classificação da Austrália para a Copa do Catar, nesta segunda-feira, teve um herói curioso: um goleiro "dançarino", que entrou na prorrogação do jogo contra o Peru, especialmente para atuar na decisão pelos pênaltis, após o empate em 0 a 0. Com seu jeito peculiar, conseguiu defender duas cobranças e garantir a vaga de sua seleção.

Andrew Redmayne, do Sydney FC, de 33 anos, pulava sobre a linha de uma trave à outra e balançava os braços como um "boneco do posto", tudo para desconcertar os batedores rivais. Deu certo. As cobranças de Advíncula e Valera pararam nas mãos do arqueiro australiano.

Sua atuação fez sucesso nas redes sociais, especialmente entre os torcedores de Austrália e Peru, que encheram a rede de memes sobre o goleiro. Mas os brasileiros também fizeram graça com o goleiro "doidão".

Seu jeitão já viralizou outras vezes. Em 2019, até a mulher do jogador, Caitlin, entrou na brincadeira e postou um vídeo se divertindo com a "dança" do marido. Na legenda, ela diz: "não consigo parar de ver isso"

O grande destaque da partida, disputada no Al Rayyan Stadium, no Catar, construiu sua carreira no futebol australiano e tinha apenas dois jogos pela seleção principal, um amistoso contra a Coreia do Sul em 2019 e um jogo contra o Nepal nas Eliminatórias em 2021, antes de entrar em campo nesta segunda-feira.

Em 2019, Redmayne decidiu o Campeonato Australiano do mesmo jeito: pulando de um lado para o outro, salvou dois pênaltis e levou o Sydney FC ao título.

Casado e pai de uma menina de um ano e cinco meses, o goleiro também gosta de surfar nas horas vagas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos