Quem é Mitrovic, atacante temperamental da Sérvia que ganhou vaga de craques do time contra o Brasil

O camisa 9 da Sérvia, Aleksandar Mitrovic, surpreendeu muita gente ao aparecer como titular na estreia contra o Brasil na Copa do Mundo do Catar. Isso porque ele ficou com a vaga no ataque para a estreia sérvia no lugar de jogadores considerados craques do time, os atacantes Dusan Vlahovic e Filip Kostic, ambos da Juventus (ITA). Mitrovic, como os torcedores brasileiros podem ter reparado nos duelos contra Marquinhos e Thiago Silva, é osso duro de roer.

A história de Mitrovic, atacante do Fulham (ING), está contada no guia interativo da Copa do Mundo lançado pelo GLOBO, em parceria conduzida pelo jornal inglês The Guardian com jornalistas de mais de 30 países. O atacante sérvio tinha fama de temperamental quando criança, mas tornou-se um goleador pela seleção da Sérvia.

Numa espécie de adaptação de um clássico filme iugoslavo, chamado "O cachorro que adorava trens", Mitrovic era um menino que jogava pedras nos trens. Seu temperamento inquieto prejudicou o início de sua carreira, mas tudo mudou quando ele se tornou pai. Ou quase tudo.

“Antes eu não conseguia nem contar até dois na minha cabeça antes de explodir. Agora posso contar talvez até sete", disse ele, numa entrevista recente, com um sorriso.

Apesar das incertezas que seu temperamento gera, ele continuou a marcar gols e tem 50 pela seleção da Sérvia em 76 partidas, tornando-se o melhor artilheiro da história da equipe, incluindo aí os números da ex-Iugoslávia.