Quem é o algoz do City que gera polêmica na Inglaterra e ficou fora da Copa do Mundo

O Brentford não é exatamente um clube de massas na Inglaterra, mas esteve nas manchetes nos últimos dias. Antes mesmo de desbancar o Manchester City em casa, no Etihad Stadium, com um gol no fim, a equipe foi bastante falada no país por conta do algoz do time de Pep Guardiola: Ivan Toney.

O centroavante é o principal nome do modesto elenco dos Bees, como é chamado o clube do oeste de Londres. Convocado para a seleção em setembro para jogos da Nations League, ele parecia estar no caminho para a Copa do Mundo no Catar, mas ficou de fora da lista de Gareth Southgate.

Além da polêmica por não ter sido convocado, ele gerou outra: um possível envolvimento em apostas esportivas. Na denúncia, não havia nenhum indício de manipulação de jogos, mas Toney teria realizado apostas... nele mesmo, em partidas de futebol. A prática de profissionais apostarem é proibida pela Football Association, que controla o futebol na Inglaterra.

A investigação está em andamento, e em suas redes sociais, Toney afirmou que está ajudando a FA com todos os pedidos. O Brentford soltou breve nota em que afirma que não irá se manifestar sobre o caso.

O atacante de 26 anos já tem 10 gols e duas assistências em 14 jogos na Premier League, atrás apenas do fenômeno Haaland e de Harry Kane, capitão e comandante do ataque da Inglaterra.

- Eu digo isso para ele, e por isso vou falar aqui. Acredito, primeiro, que Southgate faz um trabalho fantástico como técnico da Inglaterra, chegando a uma semifinal de Copa do Mundo e muito perto do título da Eurocopa. Dito isso, não há um centroavante melhor que Toney além de Harry Kane neste país. É impossível - declarou o técnico Thomas Frank antes mesmo do Brentford bater o City em Manchester.

Seu início avassalador de temporada surpreendeu, porque em três anos, ele foi da terceira divisão à seleção de Southgate. Em 2019-20, ele fez 24 gols na League One, a terceirona inglesa, antes de ir para o Brentford, onde fez 32 gols na temporada em que o clube deixou a Championship e se classificou para a Premier League. No ano passado, mais 12 gols na competição, que ele deve superar em só um turno em 2022-23.

Neste sábado, ele ajudou o Brentford a chocar a Inglaterra com dois gols, o último deles aos 52 minutos do segundo tempo. A Copa do Mundo, entretanto, ficou para depois.

- A única coisa que posso fazer é continuar me esforçando, treinando e fazendo o meu melhor pelo meu time. Obviamente é decepcionante, mas não vou abaixar a cabeça. Vou trabalhar mais duro. Minha motivação vai aumentar. Hoje, mostrei isso. Eles podem ser o Manchester City, mas são humanos, e humanos perdem jogos. O que fizemos hoje mostrou que merecemos os três pontos - afirmou Toney, após o jogo, questionado sobre o Mundial.

Ex-atacante da seleção, Gary Lineker foi às redes sociais para corroboramr com as palavras, assim como o ácido ex-lateral Gary Neville, conhecido por suas críticas enquanto comentarista. O técnico Thomas Frank também voltou a elogiá-lo.