Quem deve ir com Lula à COP27 no Egito

Presidente eleito Lula (Foto: Daniel Munoz/VIEWpress)
Presidente eleito Lula (Foto: Daniel Munoz/VIEWpress)

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai participar da 27ª conferência do clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP-27, em Sharm El Sheik, no Egito, nos dias 17 e 18 de novembro, informou a embaixada do Brasil no país do Oriente Médio, segundo o site Exame.

O evento teve início no último domingo (6) e vai durar duas semanas.

São esperados cientistas, membros da sociedade civil, além de 90 chefes de estado para debater e buscar soluções para a crise climática.

O petista vai integrar a comitiva do governador reeleito do Pará, Helder Barbalho (MDB), em nome do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal.

O presidente eleito foi convidado pela ONU e pelo presidente do Egito, Abdul Khalil El-Sisi, um dia após sua vitória nas eleições, que aconteceu em 30 de outubro.

A expectativa é de que a futura primeira-dama, a socióloga Rosângela da Silva, mais conhecida como Janja, acompanhe Lula na viagem ao Egito.

Além dela, de acordo com o portal Metrópoles, deverão fazer parte da comitiva a senadora Simone Tebet (MDB-MS), a deputada federal eleita Marina Silva (Sustentabilidade-SP) e o deputado federal Nilto Tatto (PT-SP).

Reação

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se queixou da decisão de Lula ir à COP 27, no Egito.

Segundo informações do jornalista Josias de Souza, do portal UOL, Bolsonaro chamou o petista de “usurpador” e o acusou de vestir a faixa presidencial antes da hora. "Ainda sou o presidente, porra!", disse ele na ocasião.