Quem é Fernando André Sabag Montiel, homem que tentou assassinar Cristina Kirchner?

Fernando André Sabag Montiel foi preso após tentar atirar contra Cristina Kirchner, vice-presidente da Argentina. (Foto: Reprodução)
Fernando André Sabag Montiel foi preso após tentar atirar contra Cristina Kirchner, vice-presidente da Argentina. (Foto: Reprodução)

O homem apontado pelo governo da Argentina como autor da tentativa de assassinato contra a vice-presidente Cristina Kirchner é o brasileiro Fernando André Sabag Montiel.

Segundo informações preliminares do ministro da Segurança, Aníbal Fernández passadas ao jornal El Clarín, o brasileiro possui 35 anos e foi preso pela Polícia Federal.

Fernando André Sabag Montiel possui antecedentes criminais envolvendo armas: foi acusado, em março de 2021, por contravenção pelo porte de arma não convencional, no bairro de La Paternal, onde possuiria residência.

Na ocasião, o brasileiro foi flagrado com uma faca e alegou às autoridades na época que era para uso e defesa pessoal.

Nesta quinta-feira (1º), o brasileiro foi preso após apontar uma arma de fogo, identificada inicialmente como uma pistola, para o rosto de Cristina Kirchner, no momento em que a vice-presidente se aproximava de apoiadores em frente à sua casa, no bairro da Recoleta.

Nos registos comerciais, o brasileiro possui inscrição profissional de "serviço de transporte automóvel urbano e suburbano não regular de passageiros gratuitos; excepto através de táxis e remises, aluguer de automóveis com condutor e transporte escolar".

Na Argentina, a categoria corresponde ao registro de motoristas de aplicativos. Ele teria um carro Chevrolet Prisma registrado para utilizar no trabalho.

Ele não possui impostos ativos, não registra relação de dependência ou contas bancárias, conforme revelado por um registro preliminar, segundo informações da Polícia Federal.

Fernando André Sabag Montiel: flagrante com faca em 2021

Em março do ano passado, Fernando André Sabag Montiel foi parado pela polícia na Avenida San Martín, a bordo de um Chevrolet Prisma preto sem placa traseira.

Na ocasião, ele afirmou aos policiais que a placa teria caído do veículo após um acidente de trânsito ocorrido dias atrás. Ao abrir a porta do motorista, uma faca de 35 centímetros de comprimento caiu. Fernando André Sabag Montiel alegou que usava a faca para se defender.

Sem passagens, Fernando André Sabag Montiel foi autuado por contravenção e a faca foi apreendida.

com informações são do jornal El Clarín