Quem era a mulher assassinada a facadas na frente do marido em baile em SC

Mulher foi assassinada em baile - Foto: Reprodução/Facebook
Mulher foi assassinada em baile - Foto: Reprodução/Facebook
  • Mulher foi assassinada a facadas quando estava em um baile com o marido em Blumenau-SC

  • Natália Metzler era uma pessoa muito querida na comunidade

  • Crime teria sido motivado por rixa do suspeito com o marido dela

Natália Gaulke Metzler, de 50 anos, foi morta na madrugada do último domingo (4) a facadas na frente do marido em Blumenau, Santa Catarina. O casal estava em um baile quando a mulher foi atacada.

A vítima era mãe de dois filhos e, segundo o g1, considerada uma referência na comunidade. Natália chegou a largar a aposentadoria para trabalhar como merendeira em uma escola da cidade.

"Nós estávamos todos os fins de semana juntos. Ela vivia rindo, contando piadas, amava muito os filhos. Sempre foi muito festeira, eles iam aos bailes com frequência. Um casal nota 1000, não tem o que falar. Está sendo muito difícil", disse ao g1 a cunhada da vítima, Mirian Heidecke.

Na madrugada do crime, Natália e o marido faziam um de seus programas favoritos: dançar no baile da Vila Itoupava.

O velório da vítima aconteceu na manhã desta segunda-feira (5). Também ferido durante o ataque, o marido está hospitalizado em estado grave.

Entenda o crime

Segundo relatos, o autor do assassinato teria agido por causa de uma "rixa" com o marido de Natália. Ele foi preso em flagrante momentos depois do crime.

A Polícia Militar ainda investiga o caso e o motivo de tal desentendimento, mas descobriu que o suspeito já possuía passagens por lesão corporal e ameaça.

Na madrugada de sábado para domingo, ele chegou acompanhado ao baile e, ao avistar o desafeto, foi para cima do marido de Natália, iniciando uma discussão.

O rapaz deixou o local e disse que voltaria armado. Momentos mais tarde, retornou com uma faca de cerca de 15 centímetros e atacou a vítima.

Após repetidos golpes em Natália, o criminoso voltou-se para o marido da vítima, também atingindo-o com facadas. Ele chegou a fugir do local, mas foi detido na sequência e autuado por homicídio qualificado por motivo fútil.

Natália foi levada para o Hospital Misericórdia, onde teve o óbito confirmado. Seu marido foi transferido para o Hospital Santo Antônio, passou por cirurgia e segue na UTI.