Quem era cantora de SC morta aos 32 anos após acidente de trânsito

·1 min de leitura

RIO — A cantora catarinense Karine Delavechia Rodrigues, 32 anos, que morreu após se envolver em um acidente de trânsito no Rio Grande do Sul, formava uma dupla musical com o namorado Adriano Souza. Natural de Sombrio, município do Sul de Santa Catarina, ela foi sepultada neste domingo, em Ermo, cidade da mesma região.

A jovem era compositora, letrista e designer. A morte da artista ganhou comoção na web e foi lamentada por familiares, fãs e amigos. Com influências do rock e pop dos anos 80 e 90, ela e o namorado formavam o duo “Lado B” e se apresentavam no Sul catarinense e no Norte do Rio Grande do Sul.

Em 2019, a dupla chegou a lançar o single “Nada a Perder” e um EP com cinco músicas autorais, intitulado o “Lado B Acústico”.

Acidente

O carro de Karine foi atingido por um caminhão na altura do caminhão no km 10 da ERS-407, em Xangri-lá. Outros dois veículos também se envolveram no acidente. A cantora chegou a ser hospitalizada, mas não resistiu aos ferimentos. Outras três pessoas, sendo uma mulher e uma criança ocupantes de um dos veículos e o motorista do caminhão, também ficaram feridos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos