Quem não conseguiu tomar a segunda dose de Coronavac em SP neste sábado deverá ir ao posto na tarde de segunda (28)

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 16/06/2021, Movimentação na UBS Vila Santo Estevão, na zona leste, de São Paulo. (Rivaldo Gomes/Folhapress)
***ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 16/06/2021, Movimentação na UBS Vila Santo Estevão, na zona leste, de São Paulo. (Rivaldo Gomes/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo anunciou neste sábado (26) que as pessoas que não conseguiram tomar a segunda dose da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, deverão procurar os postos de vacinação na tarde nesta segunda-feira (28), quando haverá novo reabastecimento do imunizante.

A gestão Ricardo Nunes (MDB) diz ter solicitado ao governo do estado o envio de novas doses do imunizante para fazer a cobertura vacinal.

Neste sábado, os postos da cidade estavam abastecidos para aplicar a primeira dose ao público de 47 a 49 anos, que não conseguiu ser imunizado durante a semana, e também com a segunda dose da AstraZeneca, para o reforço de quem já tomou a primeira. O abastecimento feito neste sábado foi para garantir a vacinação das pessoas de 45 e 46 anos, na segunda e na terça, segundo a prefeitura.

Até a sexta (25), foram aplicadas 6.639.085 doses de vacinas contra a Covid-19 na capital paulista, sendo 4.933.501 primeiras doses, o que equivale a mais de 53% do público-alvo. Já foram aplicadas também 1.705.584 segundas doses.

Na última quarta (23), cerca de 20 pessoas de 64 e 65 anos não conseguiram tomar a segunda dose de AstraZeneca em uma UBS na região central de São Paulo. Essas pessoas reclamaram que não foram avisadas sobre a alteração de prazo de intervalo entre a primeira e a segunda doses, que passou de seis semanas para três meses por orientação da própria fabricante do produto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos