Quem são as vítimas do policial que matou oito pessoas e cometeu suicídio no Paraná

Policial militar matou a famíliam, dois jovens desconhecidos e se matou (Foto: Reprodução)
Policial militar matou a famíliam, dois jovens desconhecidos e se matou (Foto: Reprodução)

Na noite de quinta-feira (14), o policial militar Fabiano Júnior Garcia, de 37 anos, matou oito pessoas nas cidades de Toledo e de Céu Azul, no Paraná. Entre as vítimas, seis eram familiares e dois eram desconhecidos. As informações são do portal g1.

Depois, de matar a esposa, a mãe, os filhos e outras pessoas, o policial cometeu suicídio. As vítimas eram:

  • Kassiele, esposa, de 28 anos

  • Miguel, filho, de 4 anos

  • Kamili, filha, de 9 anos

  • Amanda, enteada, de 12 anos

  • Irene, mãe, de 78 anos

  • Claudiomiro, irmão, de 50 anos

  • Kaio, desconhecido do PM, 17 anos

  • Luiz, desconhecido do PM, 19 anos

Segundo a Polícia Militar, Fabiano Júnior Garcia trabalhava no 19º Batalhão de Polícia Militar de Toledo e estava na corporação há 12 anos. Depois de matar as oito vítimas, o PM se matou.

A corporação afirma que a suspeita é de que, primeiro, Fabiano tenha matado a esposa e a enteada, em Toledo e, depois, tenha ido para Céu Azul, onde matou os dois filhos que viviam com a avó materna.

Fabiano, então, voltou para Toledo, matou a mãe e um irmão e dois jovens desconhecidos, de 17 e 19 anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos