Quem são os bandidos brasileiros mais procurados no país e no mundo? Veja lista

·4 minuto de leitura
André do Rap já consta na lista de procurados da Interpol - Foto: Acervo Pessoal/Reprodução

Traficantes e assaltantes conhecidos, mas também milicianos, pistoleiros e bicheiros compõem a Lista de Procurados Nacional, mantida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) dentro das estratégias de combate ao crime organizado. São 24 fichados, sendo que seis deles estão presos atualmente. Porém, esses não são os únicos criminosos procurados do Brasil: a lista da Interpol tem outros 126 brasileiros, conforme apurou a agência Fiquem Sabendo.

Não constar na lista vermelha da Interpol é um dos critérios para inclusão na base nacional de procurados, conforme explica o MJSP no próprio site: “A Lista de Procurados Nacional é elaborada a partir de metodologia específica e tem como premissas: existência de mandado de prisão aguardando cumprimento; envolvimento em crimes graves e violentos; participação direta ou indireta em organização criminosa; não constar na Lista da Interpol (Difusão Vermelha); dentre outras”.

Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) e cinco por crime contra o patrimônio, incluindo assalto a empresa de valores e roubo de cargas (28%).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Made with Flourish
Made with Flourish

Um dos mais novos integrantes da base nacional é o traficante André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap, que está foragido desde outubro, quando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, concedeu habeas corpus ao criminoso, que cumpria prisão preventiva em Presidente Venceslau, interior de São Paulo. O benefício foi revogado pelo também ministro do STF, Luiz Fux, mas André do Rap conseguiu escapar. Segundo investigadores, ele saiu do país em um avião particular, que decolou do Paraná, provavelmente para o Paraguai. A Polícia Federal (PF) imediatamente pediu a inclusão do foragido nas buscas da Interpol, que o incluiu em uma “lista restrita”, segundo a PF.

Tráfico, roubo, milícia e jogo do bicho

A única mulher fichada pelo MJSP é Sonia Aparecida Rossi, a “Maria do Pó”, também procurada por tráfico. Conforme a descrição na ficha, ela é considerada a maior traficante de cocaína da região de Campinas (SP) e abastece favelas em São Paulo com droga da Bolívia. Outro traficante buscado é Leomar Oliveira Barbosa, o “Leozinho” ou “Playboy”, tido como braço direito de Fernandinho Beira-Mar. Apesar de ter o mesmo apelido do personagem interpretado por Cauã Reymond no cinema, este Playboy é outro. O retratado no filme Alemão, de José Eduardo Belmonte, foi baleado e morto no Rio de Janeiro em 2015. À época, a recompensa oferecida pela PF por sua captura era de R$ 50 mil.

A lista inclui ainda dois procurados por “pistolagem”, que seriam integrantes de uma milícia envolvida com jogo do bicho no Centro-Oeste. José Moreira Freires, o “Zezinho”, e Juanil Miranda Lima, são ex-guardas civis municipais de Campo Grande (MS). Conforme a ficha corrida publicada no site, eles foram condenados pela execução do delegado Paulo Magalhães Araújo numa emboscada, em 2013.

Preso em um hotel de luxo em Moçambique, numa operação que teve apoio da Polícia Federal dos Estados Unidos, em abril deste ano, o traficante Gilberto Aparecido dos Santos, conhecido como Fuminho, um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC), é um dos seis bandidos mais perigosos que constam como capturados do painel do MJSP.

O cidadão que tiver informações sobre os criminosos foragidos pode denunciar através dos números de Disque-Denúncia das Secretarias de Segurança Pública dos Estados (disque 190), pelo aplicativo Sinesp ou pelo site.

Veja quem são os 18 bandidos mais procurados do Brasil

Estes são os criminosos na lista nacional de foragidos perigosos. Acesse para ver fotos e a ficha completa de cada um:

  • Alvaro Daniel Roberto, o “Caipira”

  • André Oliveira Macedo, o “André do Rap”

  • “Baixinho” (registro incompleto no sistema)

  • Charles Feliciano Batista

  • Danilo Dias Lima, o “Tandera”

  • Davi Marques

  • Diego Moura Capistrano, o “Jovem”

  • Fabio Augusto Nogueira Fitze

  • João Aparecido Ferraz Neto, o “João Cabeludo"

  • José Moreira Freires, o “Zezinho”

  • Juanil Miranda Lima

  • Leomar Oliveira Barbosa, o “Leozinho” ou “Playboy”

  • Lourival Máximo da Fonseca, o “Tião”

  • Luis Marcos De Medeiros, o “Marcão”

  • Sergio Luiz de Freitas Filho, o “Mijão, ou “Xixi”

  • Sonia Aparecida Rossi, a “Maria do Pó”

  • Valdeci Alves dos Santos, o “Colorido”

  • Wellington da Silva Braga, o “Ecko”

Quer acessar e descobrir como obter dados públicos inéditos? Inscreva-se na Don't LAI to me, a newsletter da Fiquem Sabendo para quem quer informação direto da fonte.

Redes sociais

Twitter: @_fiquemsabendo

Instagram: @_fiquemsabendo

Facebook: Fiquem Sabendo

Linkedin: Fiquem Sabendo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos