Quer se aposentar com tranquilidade? Conheça a regra 1-3-6-9

Nunca é cedo (ou tarde) demais para pensar na aposentadoria. Não importa se você tem 20, 30 ou 40 anos: se planejar para ter sua própria previdência privada é fundamental para garantir um futuro mais tranquilo. Pensando nisso, Martin Iglesias, planejador financeiro, professor e especialista líder em investimentos e alocação de ativos do Itaú Unibanco, criou a regra 1-3-6-9. O objetivo é dar um norte para aqueles que querem construir seu patrimônio, mas não sabem por onde começar.

Conheça a plataforma Inteligência Financeira

Martin explica que, ao longo dos anos, o conceito por trás da aposentadoria foi se transformando. “Antigamente as famílias eram maiores e as pessoas viviam menos. Naquele momento a velhice poderia ser tratada coletivamente. Hoje em dia houve um aumento na expectativa de vida e as famílias são menores, com menos pessoas ativas no mercado de trabalho. Nesse contexto, a aposentadoria passa a ser uma responsabilidade individual”, ressalta. A regra surge, portanto, para ajudar as pessoas a poupar dinheiro suficiente para não depender exclusivamente do INSS.

Como funciona a regra 1-3-6-9

A regra te indica o quanto você deve poupar para cada fase da vida. Ela não determina valores fixos, mas proporções específicas da sua renda. “A regra funciona como uma rota, com checkpoints ao longo do tempo. Ela permite que as pessoas tenham ideia se precisam diminuir ou aumentar o que poupam e se estão no caminho certo”, explica Martin.

A regra indica valores em um intervalo de 35 anos a 65 anos. Aos 35 anos, por exemplo, você precisa ter uma reserva financeira equivalente a um ano da sua renda mensal. Já aos 45 anos, precisa ter poupado o equivalente a 3 anos. E assim por diante.

Quanto você deve guardar para chegar lá?

A regra também dá um norte do quanto você deve guardar do seu salário de acordo com a sua idade para atingir cada objetivo. A lógica é: se você tem de 25 a 40 anos, deve guardar um percentual equivalente à sua idade menos 15. Um exemplo: aos 29 anos, você deve poupar 14% da sua renda (29-15). Quanto antes começar, melhor.

Nunca é tarde para começar

É claro que planejar a aposentadoria com 25 anos será mais fácil do que aos 40. Mas, nunca é tarde para começar. A boa notícia é que você pode complementar e investir essa renda ao longo dos anos, chegando ao objetivo mais rapidamente. “Sempre é possível guardar um dinheiro para tornar sua aposentadoria melhor. Você pode usar, por exemplo, o FGTS para complementar esse valor ou até mesmo um segundo imóvel que tenha comprado ao longo da vida”, explica Martin.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos