'Quero ser uma gigante do século XXI', diz atleta paralímpica que retirou mais de 200 tumores

Verônica não vê limites para sua luta contra o câncer (Foto: Divulgação)

A medalhista paralímpica Verônica Hipólito é um exemplo para todos. Campeã mundial nos 200 metros rasos e vice-campeã mundial nos 100 metros no Mundial de Atletismo Paralímpico de Lyon em 2013, a brasileira disputou uma dura batalha antes de se tornar uma das melhores atletas do mundo: a luta contra o câncer.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

Ela retirou mais de 200 tumores de seu corpo, perdeu 90% do intestino grosso e sofreu um AVC. A cirurgia realizada em maio ainda exige muitos cuidados. Verônica busca retomar a coordenação motora que tinha antes e o condicionamento físico – está 10 quilos acima do peso.

Leia mais:
Aguero renova com o City até 2021
Barcelona está perto de completar 10 anos sem perder clássico catalão
Zagueiro do Liverpool revela ambição do time em “ganhar tudo” na temporada

“Eu poderia ter ficado parada após o AVC, poderia ter desistido após retirar o intestino grosso com 200 tumores e agora por essa nova cirurgia, mas estou vivendo. E quero viver. Quero ser uma gigante do século XXI, quero ser alguém que todo mundo olhe e se inspire”, disse em entrevista ao Globoesporte.com

A campeã sul-americana nos 100m, 200m e salto em distancia, dos Jogos Parapanamericanos de Toronto e medalhista de  bronze na Paralimpíada do Rio tem apenas uma certeza: de que vai continuar essa luta contra a doença e viver da melhor maneira possível.