Quiosque na Praia do Leblon ganha certificação por reciclar 95% do lixo que produz

·2 minuto de leitura

RIO — Silenciosamente, um quiosque da Praia do Leblon vem trabalhando para dar a sua contribuição para o meio ambiente e para uma forma mais sustentável de negócio. E o reconhecimento ao empenho do La Carioca, estabelecimento que oferece comida latino-americana, veio. O quiosque é o primeiro do Brasil a receber o certificado do Instituto Lixo Zero.

A certificação é resultado do trabalho que vem sendo realizado por Flávio Datz, um dos sócios. Preocupado com o impacto do negócio no meio ambiente, ele estabeleceu uma série de ações que transformaram o La Carioca no quiosque mais sustentável da orla carioca. Atualmente, o estabelecimento recicla 95% dos resíduos que produz. Só no mês de julho foram reciclados cerca de uma tonelada de resíduos sólidos e mais de duas toneladas de orgânicos. Os sólidos são reciclados por meio do projeto Recicla Orla, que a Orla Rio tem em parceria com a Polen; e os orgânicos são convertidos em adubo graças à cooperação do quiosque com a empresa Vide Verde.

—Estamos muito orgulhosos de termos alcançado o certificado Lixo Zero, uma conquista de toda a equipe que se engajou em cada fase do processo e entendeu que a grande mudança se dará com pequenas ações de cada um. Foi um trabalho árduo, mas muito orgânico, e queremos divulgar isso para que todos os outros participantes do mercado de gastronomia saibam que é factível alcançar essa meta — diz Datz.

A Orla Rio tem incentivado programas de governança ambiental, social e corporativa desde 2019. Criado há dois anos, o projeto Recicla Orla conta com 35 pontos de entrega voluntária instalados em quiosques de Ipanema, Leblon e Copacabana, reciclando mais de cem toneladas de resíduos por mês. Atualmente, a iniciativa está sendo expandida para toda a Zona Sul.

— Só no primeiro ano, quando eram apenas sete pontos de coleta, conseguimos dar o destino correto para mais de 138 toneladas de resíduos. A chegada da pandemia acabou impactando no resultado do último ano. Nossa expectativa agora é recolher 200 toneladas de resíduos por mês —diz João Marcello Barreto, presidente da Orla Rio.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos