Rádio Nacional presta tributo à cantora Gal Costa nesta quarta-feira

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

Para homenagear a consagrada cantora Gal Costa, a Rádio Nacional apresenta uma série de atrações temáticas nesta quarta-feira (9). A programação resgata passagens marcantes da carreira da diva e executa músicas eternizadas pela baiana em sua interpretação ímpar. A artista faleceu hoje, aos 77 anos, em São Paulo.

Em rede, ao vivo, às 16h, a emissora pública veicula um especial da produção É Tudo Brasil sobre Gal Costa. Mais tarde, às 20h, a Rádio Nacional utiliza material preservado em seu rico acervo para recordar uma edição do programa Memória Musical transmitido originalmente em 13 de maio de 1991.

Notícias relacionadas:

A programação destaca clássicos do cancioneiro nacional marcados na performance de uma das principais vozes da música brasileira. Com talento, carisma e presença de palco ímpar, Gal Costa empolgar plateias de Norte a Sul e reuniu admiradores em mais de cinco décadas de atuação profissional.

Sobre a homenageada

Natural de Salvador, a artista fez história como uma das maiores intérpretes da MPB. Sucessos como Chuva de Prata, Baby e Divino Maravilhoso são alguns hits popularizados em seus shows. Referência para as novas gerações, a baiana deixa uma premiada trajetória e apresentações no país e no exterior.

Gal Costa estava em plena atividade com a turnê As várias pontas de uma estrela até realizar um procedimento médico há poucos meses, em setembro. O espetáculo incluía clássicos da música nacional dos anos 1980. A estrela planejava uma sequência de exibições na Europa ainda neste ano.

O primeiro show da cantora foi em 1964, na inauguração do Teatro Vila Velha, em sua terra natal, junto com personalidades que fariam parceria frequente no decorrer da carreira, como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gilberto Gil e Tom Zé.

A saudosa artista gravou seu LP de estreia Domingo, em 1967, com o conterrâneo Caetano Veloso. O primeiro disco solo foi lançado em 1969. Gal Costa também integrou o grupo Os Doces Bárbaros formado em 1976 com os amigos Maria Bethânia, Gilberto Gil e Caetano Veloso.

A produção musical de Gal é repleta de inesquecíveis performances nas quais a diva entoou composições de astros do país. Algumas das canções icônicas que conquistaram o público na sua voz foram Modinha para Gabriela, Festa do Interior, Sonho Meu e Pérola Negra, entre muitas outras obras.

Serviço

Tributo a Gal Costa na programação da Rádio Nacional
É Tudo Brasil Especial Gal Costa – quarta-feira, dia 9/11, às 16h
Memória Musical Especial Gal Costa – quarta-feira, dia 9/11, às 20h

Acesse a Rádio Nacional na internet e nas redes sociais pelo site, no Instagram, no Spotfy, canal do YouTube, no Facebook e pelo Twitter.

Saiba como sintonizar

Brasília: FM 96,1 MHz e AM 980 Khz
Rio de Janeiro: FM 87,1 MHz e AM 1130 kHz
São Paulo: FM 87,1 MHz
Recife: FM 87,1 MHz
São Luís: FM 93,7 MHz
Amazonas: 11.780KHz e 6.180KHz OC
Alto Solimões: FM 96,1 MHz
Celular - App Rádios EBC para Android e iOS