Râguebi feminino combate preconceito nos Camarões

Com 26 anos e 1,82 de altura, Alvine Kuekam Mache encontrou-se no rugby, modalidade quejoga há quatro anos. O desporto tem ainda muito poucos praticantes femininos no continente africano, sobretudo na África Central.

Alvine treina várias vezes por semana com os homens num pequeno campo de terra batida onde não faltam buracos, em Nkol Anga, um bairro pobre da capital Yaoundé.

"Isto permite-me trabalhar um pouco mais na minha condição física", diz. A jogadora foi finalmente seleccionada para a equipa nacional feminina dos Camarões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos