Rússia 2018: O bigode de Rami é o amuleto da França

Na Copa de 1998, o beijo de Laurent Blanc na careca do goleiro Fabien Barthez se tornou uma tradição que os levou ao título mundial. Hoje, o segredo da glória é tocar o bigode de Adil Rami.