Rússia anuncia cessar-fogo para retirar civis de siderúrgica na Ucrânia

Homem abraça em Zaporizhzhia uma idosa retirada de Mariupol (AFP/Dimitar DILKOFF) (Dimitar DILKOFF)

A Rússia anunciou nesta quarta-feira um cessar-fogo na siderúrgica de Azovstal, na cidade ucraniana de Mariupol, para permitir, a partir desta quinta-feira, a abertura por três dias de um corredor humanitário para evacuar os civis.

"Nesse período, as Forças Armadas russas e as formações da República Popular de Donetsk irão decretar um cessar unilateral de hostilidades", informou o Ministério da Defesa russo. Os civis que se encontram na unidade serão autorizados a viajar para a Rússia ou para áreas controladas por Kiev", acrescentou.

A Ucrânia acusou a Rússia de ter lançado um "ataque potente" contra a siderúrgica de Azovstal, onde os últimos defensores de Mariupol estavam organizados, juntamente com dezenas de civis.

A ONU e a Cruz Vermelha participaram no começo da semana da evacuação de uma centena de civis.

bur/js/eg/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos