Rússia busca reduzir riscos "graves" existentes de guerra nuclear, diz Lavrov

·1 min de leitura
Ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov

(Reuters) - A Rússia se posiciona contra a ameaça de conflitos nucleares apesar dos altos riscos no momento e quer reduzir todas as chances de elevar "artificialmente" esses riscos, disse o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, em entrevista à televisão transmitida nesta segunda-feira.

"Esta é a nossa posição-chave na qual baseamos tudo. Os riscos agora são consideráveis", disse Lavrov à televisão estatal russa, com base em uma transcrição fornecida no site do ministério.

"Eu não gostaria de elevar artificialmente esses riscos. Muitos gostariam disso. O perigo é sério, real, e não devemos subestimá-lo."

(Reportagem de Ronald Popeski, em Winnipeg, e Lidia Kelly, em Melbourne)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos