Rússia confirma teste de arma antissatélite e acusa EUA de hipocrisia

·1 min de leitura
Estação Especial Internacional fotografada por tripulação de cápsula Soyuz

MOSCOU (Reuters) - A Rússia confirmou nesta terça-feira que realizou um teste de armas visando um satélite russo não utilizado, e acusou os Estados Unidos de hipocrisia por sua declaração condenando o exercício, de acordo com a agência de notícias RIA.

Autoridades norte-americanas disseram que o teste conduzido pela Rússia na segunda-feira gerou um campo de destroços na órbita baixa da Terra que colocou em perigo a Estação Espacial Internacional e representará um perigo às atividades espaciais por anos.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que os destroços do teste não representaram e não representarão nenhuma ameaça às estações espaciais e satélites em órbita, contradizendo os comentários dos EUA, segundo a agência de notícias Interfax.

(Por Polina Devitt)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos