Rússia diz que Putin e Zelenski se reunirão separadamente em Paris

Os presidentes Vladimir Putin (e) e Volodymyr Zelensky

O presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega ucraniano, Volodimir Zelenski, irão se encontrar separadamente durante a reunião de cúpula quadripartite em Paris, em 9 de dezembro, anunciou o Kremlin nesta quarta-feira.

A cúpula visa a resolver o conflito no leste da Ucrânia, iniciado há cinco anos.

Além de Putin e Zelenski, o presidente anfitrião, Emmanuel Macron, e a chanceler alemã Angela Merkel devem participar.

O assessor-chefe de Putin, Yury Ushakov, disse que é muito provável uma reunião entre os líderes russo e ucraniano.

"Tudo indica que uma reunião separada será realizada", explicou Ushakov, citado pelas agências de notícias russas.

Uma fonte diplomática ucraniana, indagada pela AFP, não pôde confirmar a possibilidade da reunião.

O programa da cúpula está sendo finalizado, segundo fontes russas.

Zelenski declarou de sua parte que estava disposto a se reunir com todos os líderes de Paris, se necessário.

A primeira reunião entre Putin e Zelenski cria muitas expectativas internacionais nos últimos meses.

O conflito que eclodiu no leste da Ucrânia em 2014, quando as regiões pró-Rússia de Donetsk e Lugansk declararam sua independência, deixou mais de 13.000 mortos.