Rússia diz que alguns elementos de possível acordo sobre grãos da Ucrânia estão resolvidos

Agricultor segura grãos de trigo recém-colhidos na região de Rostov

(Reuters) - O contato entre Rússia, Turquia, Ucrânia e as Nações Unidas sobre o tema das exportações de grãos ucranianos continuará depois que as negociações de quarta-feira em Istambul forneceram alguns elementos para um possível acordo, disse o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Rússia, Ucrânia, Turquia e as Nações Unidas devem assinar um acordo na próxima semana com o objetivo de retomar as exportações de grãos da Ucrânia no Mar Negro, disse o ministro da Defesa turco Hulusi Akar na quarta-feira após as negociações.

"De fato, houve uma discussão considerável sobre essa questão", disse Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, a repórteres na quinta-feira.

"Foi possível formular alguns elementos de um possível acordo que Rússia, Ucrânia e Turquia estão discutindo agora em suas capitais por meio de seus departamentos militares", disse ela.

Uma data preliminar para a próxima reunião das quatro partes é 20 ou 21 de julho, informou a agência de notícias russa RIA na quinta-feira, citando uma fonte familiarizada com a situação. Não restam obstáculos significativos para a assinatura do acordo, acrescentou a fonte.

Segundo o Ministério da Defesa turco, a data da próxima reunião ainda não está clara.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos