Rússia diz que EUA interromperam negociações sobre estabilidade estratégica

Bandeiras dos Estados Unidos e da Rússia em Genebra

(Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos haviam interrompido as negociações com Moscou sobre o diálogo estratégico e que as relações entre as duas nações não serão as mesmas de antes.

Autoridades dos dois lados se reuniram no Cairo em novembro passado para discutir a retomada das inspeções sob o tratado de redução de armas nucleares Novo START, antes que as conversas fossem canceladas no último minuto.

Moscou acusou Washington de se recusar a discutir uma agenda mais ampla de "estabilidade estratégica" entre as duas maiores potências nucleares do mundo.

Falando em uma entrevista coletiva em Moscou, Lavrov também disse que o ex-presidente dos EUA Barack Obama foi o culpado pelo início de uma disputa diplomática depois que ele expulsou 35 diplomatas russos após relatos de ingerência russa nas eleições norte-americanas de 2016.

(Reportagem da Reuters)