Rússia fala em "ato de sabotagem" na Crimeia

Moscovo não identificou responsáveis pelas explosões desta terça-feira, disse que não há feridos graves e prometeu uma investigação