Rússia já vacinou 2,2 milhões contra Covid-19 com vacina Sputnik V, diz agência

·1 minuto de leitura
Recipiente da vacina russa Sputnik V

MOSCOU (Reuters) - A Rússia já vacinou 2,2 milhões de pessoas contra a Covid-19 com sua vacina Sputnik V, mais de 1,7 milhão delas com as duas doses, disse a agência de notícias Interfax nesta quarta-feira, citando os desenvolvedores da vacina.

Cientistas aprovaram a Sputnik V neste mês, dizendo que ela é quase 92% eficaz no combate à Covid-19 com base em resultados de testes de estágio avançado revisados pela comunidade científica e publicados no periódico internacional The Lancet.

A Rússia espera vacinar a maioria de sua população antes de setembro, chegando a 70% de imunidade, disse Denis Logunov, vice-diretor de atividades científicas do Instituto Gamaleya, que desenvolveu e testou a vacina, segundo citação da Interfax.

Cerca de quatro milhões de doses da Sputnik V já foram distribuídas nas regiões da Rússia, disse a agência de notícias Tass citando uma fala desta quarta-feira do ministro da Saúde, Mikhail Murashko. Outras duas milhões de doses estão a caminho e serão distribuídas em breve, acrescentou.

(Por Maria Kiselyova)