Rússia não fornecerá petróleo e gás a países que apoiam teto de preço, diz Kremlin

Amostra de petróleo

MOSCOU (Reuters) - A Rússia não planeja fornecer petróleo e gás a países que apoiam um teto de preço para o petróleo russo, disse o Kremlin nesta quinta-feira, mas o país tomará uma decisão final assim que analisar todos os números.

O G7 está analisando um limite de preços para o petróleo russo transportado por via marítima de 65 a 70 dólares o barril, embora os governos da União Europeia ainda não tenham concordado com um preço e as negociações devam continuar.

"Por agora, mantemos a posição do presidente (Vladimir) Putin de que não forneceremos petróleo e gás aos países que estabelecerem (o limite) e aderirem ao limite", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, em sua ligação diária com repórteres.

"Mas precisamos analisar tudo antes de formular nossa posição."

(Reportagem da Reuters)