Rússia não planeja "fechar janela para Europa", diz Kremlin

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante entrevista coletiva em Moscou

(Reuters) - A Rússia não planeja "fechar a janela" para a Europa, disse o Kremlin nesta quinta-feira, num momento em que suas relações com o Ocidente permanecem em baixa por causa do conflito na Ucrânia.

Perguntado se as difíceis relações com a Europa estavam provocando um retrocesso nos esforços de Pedro, o Grande, para abrir a Rússia para a Europa, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse: "Nós não estamos planejando fechar nada".

Pedro o Grande, um czar que governou o Império Russo de 1682 a 1725, supervisionou a transição da Rússia para uma grande potência europeia e fundou a cidade de São Petersburgo, apelidada de "janela para a Europa" da Rússia.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos